A.C. Scartezini
A.C. Scartezini

Apesar do empenho em recuperar a imagem, a presidente não teve sorte durante a semana

Dilma começou a penar no domingo com os protestos e continuou a sofrer até sexta, quando o MPF abafou o pacote contra corrupção

Ex-ministro Cid Gomes: demissão atropelada agrava crise no governo

Ex-ministro Cid Gomes: demissão atropelada agrava crise no governo

A semana não foi boa para a presidente Dilma, desde o começo ao fim. No meio da semana útil, quarta-feira, ela se queixou de que o lançamento do pacote anticorrupção, em solenidade no Planalto, recebeu menos espaço na mídia do que a demissão do ministro da Educação, Cid Gomes, depois de um bate-boca com deputados no plenário da Câmara.

Mas a concorrência como notícia não foi apenas a do ex-ministro, convocado a explicar porque afirmou que “de 300 a 400 deputados são achacadores” – no total, a Câmara possui 513 cadeiras. Como concorrente, houve ainda o vazamento de um documento da sua Secretaria de Comunicação Social com a denúncia de “caos político” no governo.

Dois dias depois, o pacote dela, com a recauchutagem de propostas antigas, foi superado em arrojo pelo embrulho que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, embalou e decorou com a flor de uma proposta que considera a corrupção crime hediondo, sujeito a penas de 12 a 25 anos de prisão. Recomenda a cassação de partidos envolvidos em roubo de dinheiro público.

O pacote de Janot embrulha uma vingança. A proposta de Dilma contém um decreto que exclui o Minis­tério Público Federal e o Tribunal de Contas da União (TCU) de acordos de leniência com empresas que confessam corromper agentes públicos e recebem multas menores. O acerto se torna exclusivo da Controladoria-Geral da União (CGU), mais controlável pelo Planalto.

A arbitragem sobre a competência para a leniência será decidida pelo Congresso ao examinar as medidas. O pacote de Janot sugere providências que deputados e senadores poderão transformar em emendas ou projetos de lei. Por isso, seus efeitos devem ser mais lentos do que o embrulho da presidente. Entre as sugestões, estão facilidades para o confisco de bens de corruptos.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Maria Clara

Obrigado LULA/DILMA/PT pelo rombo dos POSTALIS. Para quem seguiu a ESTRELA DO MAL será difícil pagar por um desfalque bilionário. Para quem não seguiu a ESTRELA DO MAL resta-lhe ainda a esperança de REQUERER sua desfiliação do POSTALIS e POSTALPREVI.