Frederico Vitor
Frederico Vitor

Inscrições para oficinas sobre arte contemporânea terminam no dia 20 de fevereiro

Promover e incentivar a prática reflexiva de arte contemporânea. É com esta pretensão que se apresenta o projeto Rede Anapolina de Arte / Teia Anapolina de Artes Visuais. A proposta consiste na realização de oficinas abertas à participação de artistas e estudantes de arte anapolinos e, também, de cidades próximas, que têm Anápolis como referência na difusão das artes visuais no Estado de Goiás.

As inscrições, gratuitas, podem ser feitas no período de 30 de janeiro a 20 de fevereiro, pelo e-mail [email protected].

Para conduzir e fomentar o debate sobre o universo da arte contemporânea estão escalados Divino Sobral, Luiz Mauro e Edney Antunes, três profissionais de competência reconhecida. As oficinas estão organizadas em módulos que compreendem dois finais de semana para cada um dos convidados desenvolverem seus respectivos temas.

A produção e curadoria do projeto Rede Anapolina de Arte/Teia, desenvolvido com subsídios do Fundo Municipal de Cultura de Anápolis (Prefeitura/Secretaria Municpal de Cultura), e do Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás, é do curador independente Paulo Henrique Silva.

Ele explica que o ciclo de debate e reflexão proposto por ele não ficaria completo sem um resultado palpável dessas oficinas, afinal trata-se de uma abordagem sobre artes visuais e, por este motivo, todos os participantes serão convidados a produzir trabalhos que, posteriormente, serão catalogados e apresentados ao público em exposição na Galeria Antônio Sibasolly, unidade da Secretaria Municipal de Cultura de Anápolis.

Deixe um comentário