Avatar
Frederico Vitor

Apesar dos vários nomes à disposição, PSDB segue sem definição para 2016

Alexandre Baldy, Onaide Santillo, Frederico Jayme e Ridoval Chiareloto: os nomes tucanos postos para a sucessão municipal no ano que vem

Alexandre Baldy, Onaide Santillo, Frederico Jayme e Ridoval Chiareloto: os nomes tucanos postos para a sucessão municipal no ano que vem

Embora tenha quadros importantes e de peso na cena política de Anápolis, o PSDB, legenda do governador Marconi Perillo, segue sem definição de quem é o nome a ser trabalhado para as eleições municipais de 2016. Quando se cogita sobre quem será o candidato ou qual nome teria as melhores condições à disputa pelo Executivo anapolino, o primeiro a vir à mente é o deputado federal Alexandre Baldy. Mas, pelo que se observa, o parlamentar e ex-secretário estadual de Indústria e Comércio ainda teria alguns penduricalhos a resolver para dar certeza de que vai disputar a prefeitura no ano que vem.

Considerando que ainda é cedo para o partido fechar em torno de um nome, as manifestações de intensão de disputar o pleito à Prefeitura de Anápolis não faltam internamente no PSDB. Além de Baldy, que já declarou publicamente que Anápolis está em seu radar político para 2016, outros dois nomes se colocaram à disposição para eventual candidatura: Onaide Santillo e Ridoval Chiareloto. Com isso está aberta a disputa interna na legenda do governo estadual na segunda mais rica cidade do Estado.

O casal Onaide e Adhemar Santillo tem articulado em busca de espaço para viabilização de projeto político. A ex-deputada Onaide já teria dito que seu nome está à disposição e se o partido entender que ela deva representar as cores azul e amarela dos tucanos, estaria preparada para o desafio. Chiareloto tem articulado junto ao empresariado de Anápolis e outros grupos do setor produtivo local.

Além disso, outro nome que não pode ser descartado para uma eventual candidatura a prefeito é do ex-deputado Frederico Jayme. Ele já se manifestou publicamente que vai abandonar o PMDB, partido que ajudou fundar em Goiás, para se encaminhar ao PSDB com vistas a um projeto eleitoral. Há quem diga que, com a vinda de Jayme e a consolidação de Onaide e Chiareloto como pré-candidatos, Baldy, que ainda não teria grupo político local com bases estabelecidas em Anápolis, ficaria em uma situação complicada.

Segundo Valto Elias, ex-presidente do PSDB em Anápolis, Frederico Jayme é um nome forte que se coloca no páreo. Evitando polêmica, ele afirma que o ex-deputado somaria a outros nomes, como o do vereador Fernando Cunha Neto, além dos já citados Onaide Santilo, Alexandre Baldy e Ridoval Chiareloto. Todos, considera, são nomes consistentes com plenas condições de partirem para a disputa. Sobre as especulações de que o PSDB e PT caminhariam juntos no ano que vem, ele diz que tal conjuntura não passa de um devaneio. “Não existe esta possibilidade, trata-se de uma especulação de mal gosto que refutamos peremptoriamente.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.