Francisco Jr., Vecci, Bittencourt e Vanderlan
Francisco Jr., Vecci, Bittencourt e Vanderlan

O Palácio das Esmeraldas não aposta mais que a base governista terá apenas um candidato a prefeito de Goiânia. Fragmentada, é provável que tenha de dois a três postulantes. Ao menos um deve desistir, aceitando ser vice.

Mas nenhum dos quatro postulantes da base governista — Vanderlan Cardoso (PSB), Giuseppe Vecci (PSDB), Luiz Bittencourt (PTB) e Francisco Júnior (PSD) — fala em desistir para hipotecar apoio a outro nome.

Curiosamente, de um deles, o Jornal Opção ouviu: “Vanderlan Cardoso, até por ocupar a terceira posição nas pesquisas de intenção e ter descolado dos demais, é o postulante que tem mais condições de ser candidato único da base”.

Ante a dúvida de um integrante da base, que indagou se Vanderlan Cardoso seria “confiável”, um tucano de bico erado e longo sublinhou: “O que importa ao governador Marconi Perillo é, primeiro, derrotar Iris Rezende, para abalar sua aliança com o senador Ronaldo Caiado para 2018, e, em seguida, derrotar Waldir Delegado Soares, que se mostra avesso à base aliada”.