Lêda Borges afirma que vai disputar a presidência do PSDB

“Tenho legitimidade e que represento, além das mulheres, o Entorno de Brasília, uma região forte em termos políticos e eleitorais”

Foto: Divulgação

“Coloquei meu nome para a disputa da presidência do PSDB. Deputados anunciaram que não iriam para a disputa, mas, como Talles Barreto colocou seu nome, decidi também que tenho direito de ser candidata”, afirma a deputada estadual Lêda Borges.

“Eu tenho recebido apoio de prefeitos e vice-prefeitos. Não tenho interesse em sair do PSDB, porque não tenho motivos e avalio que não se deve sair de um partido porque atravessa um mau momento. É preciso ser leal. Tenho me posicionando, com firmeza, em relação ao governo de Ronaldo Caiado. Portanto, se for eleita, o PSDB vai assumir posições firmes. Acrescento que tenho legitimidade e que represento, além das mulheres, o Entorno de Brasília, uma região forte em termos políticos e eleitorais. Diga-se que sou a única mulher com mandato no PSDB em termos de Assembleia Legislativa, Câmara dos Deputados e Senado. Sou vice-presidente do PSDB e, por isso, conheço o partido e seus principais representantes no Estado”, diz Lêda Borges.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.