Eurípedes Jr. e Samuel Almeida não se entendem e Pros pode ficar sem cargos relevantes no governo

Há dois comandos no Pros em Goiás: o do presidente nacional e o do presidente regional. Cada diz uma coisa diferente para o governo

Eurípedes Macedo Júnior, presidente nacional do Pros / Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

Com a reforma administrativa do governo de Ronaldo Caiado, o Pros planeja ocupar cargos, ao menos de nível de superintendência. Mas há um problema complicado, que o governo não tem como resolver.

Samuel Almeida, presidente estadual do Pros | Foto: Divulgação

O presidente do Pros, Eurípedes Júnior, é de Goiás e, por isso, quer indicar aliados para o governo. Ao mesmo tempo, o presidente estadual, ex-deputado Samuel Almeida, integrante da Assembleia de Deus, quer fazer suas indicações. O resultado é que o governo não sabe direito com quem dialogar.

Portanto, antes de apresentar nomes ao governo, Eurípedes Júnior e Samuel Almeida precisam se reunir para se entenderem. Senão, dada a confusão, o Pros pode acabar sem cargos no governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.