STF determina afastamento de Aécio Neves do mandato de senador

Informação foi publicada pela Coluna do Estadão. Deputado Rocha Loures (PMDB-PR) também foi afastado

O Supremo Tribunal Federal determinou, na manhã desta quinta-feira (18/5), o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato de senador e do deputado Rocha Loures (PMDB-PR) do mandato de deputado federal.

A informação foi publicada pelo jornal “Estado de S. Paulo”.

Ambos foram gravados e denunciados por Joesley Batista, dono da holding J&F (que controla a JBS Friboi), em suposto esquema de pagamento de propina. Segundo o jornalista Lauro Jardim, de O Globo, o senador Aécio Neves, que é presidente nacional do PSDB, aparece em áudio pedindo R$ 2 milhões a Joesley.

O dinheiro teria sido entregue a um primo do tucano e o encontro foi filmado pela Polícia Federal. A PF rastreou o trajeto do dinheiro e concluiu que foi depositado em uma empresa do senador Zezé Perrella (PMDB-MG).

Ainda na manhã desta quinta-feira (18), a PF deflagrou operação que tem como alvo Aécio Neves. Faz buscas e apreensões em casas oficiais e até no gabinete do tucano no Congresso Nacional. Segundo o G1, um mandato de prisão preventiva foi decretado contra Andréia Neves, irmão de Aécio.

Deixe um comentário

wpDiscuz