Prefeitura segue sem fornecer insumos da bomba de insulina

Segundo usuário do serviço, insulina já voltou a ser distribuída pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), mas ainda não há posicionamento sobre bomba

Um usuário do serviço de acompanhamento de diabéticos da Prefeitura de Goiânia, ouvido pelo Jornal Opção, afirmou que o Paço ainda não regularizou o fornecimento de insumos para a bomba de insulina.

Segundo ele, as insulinas Lantus e Apidra já voltaram a ser distribuídas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), mas não há posicionamento ou previsão oficial para quem usa a bomba. Inicialmente, a SMS havia afirmado que retomaria o fornecimento dos dois produtos na última quarta-feira (8/2), o que não foi feito.

Em nota, a assessoria da SMS explicou que o laboratório Sanofi atrasou o fornecimento para a Hospfar, que realiza a distribuição, impossibilitando a retomada naquele dia. Na quinta-feira (9), a empresa confirmou a demora na entrega, mas garantiu que a prefeitura receberia os insumos já na sexta-feira (10).

O fornecimento da insulina, fundamental para portadores de diabetes, está suspenso há pelo menos quatro meses, desde outubro de 2016. Na quarta-feira (8), um grupo de pessoas que precisa do medicamento chegou a ir à Câmara Municipal para exigir que a SMS cumprisse o prometido pela secretária, Fátima Mrue, de voltar a fazer a entrega.

Desde sexta-feira, o Jornal Opção tenta confirmar as afirmações com a assessoria da SMS, mas ainda não obteve um posicionamento oficial sobre a situação do serviço na capital.

Deixe um comentário

wpDiscuz