Delegado Waldir quer partido que apoie Bolsonaro presidente e Caiado governador

Deputado federal mantém decisão de sair do PR, mas diz que ainda não decidiu para onde vai porque depende dos seus colegas de Congresso

Decidido a realmente deixar seu partido, o PR, o deputado Delegado Waldir Soares ainda não definiu qual será sua próxima sigla, mas disse que a escolha vai depender das articulações para 2018.

Segundo ele, a decisão será tomada apenas depois que se definirem quais serão as legendas caminhando com o senador Ronaldo Caiado (DEM) e com o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), seus candidatos para o Governo de Goiás e para a Presidência da República.

“Apesar de ter recebido convite de vários partidos e ter conversado com vários presidentes, estou aguardando estas definições majoritárias. Dependo das articulações que eles estão fazendo”, explicou. Apesar de estar esperando pelos dois, entretanto, Waldir diz que não está participando das negociações.

Questionado sobre se Caiado vai realmente conseguir se viabilizar como candidato, já que depende principalmente do apoio do PMDB — que já tem pré-candidato próprio, o deputado federal Daniel Vilela –, Waldir defendeu que as oposições se unam para ganhar a eleição.

“Em relação ao deputado Daniel, é um parlamentar jovem, com destaque em Brasília, mas teve um pequeno desgaste com seu nome na lista da Odebrecht, então penso que seria um excelente candidato para o Senado Federal”, avaliou. “Mas o momento hoje, segundo as pesquisas inclusive, é de que Caiado é o melhor nome para o estado, e é quem terá o meu apoio”, declarou.

A possibilidade de Caiado aceitar ser vice de Daniel em uma chapa que envolvesse DEM e PMDB, afirmou ele, “é zero”. “Não é o momento do Daniel, é um jovem ainda”, finalizou.

Deixe um comentário

Delegado amarelão

wpDiscuz