Mais de 8 mil viagens foram feitas em bicicletas públicas de Goiânia no último mês

Relatório divulgado diz ainda que o Parque Areião é o trajeto preferido dos ciclistas

Bicicletário da empresa Serttel em Fortaleza | Foto: Reprodução/ Serttel

O projeto DeBike, que conta com bicicletas públicas compartilhadas em Goiânia, divulgou um relatório que afirma que, em março, foram feitas 8.602 viagens com a venda de 1.156 passes.

O relatório diz ainda que, no primeiro trimestre de 2017, foram feitas 28.985 viagens. No mês de março, o horário de maior retirada foi entre 16h e 18h. Além disso, os dias preferidos pelos ciclistas foram domingo e quinta-feira.

O Parque Areião, assim como no mês fevereiro, foi o trajeto mais adotado pelos ciclistas, seguido pelo Parque Vaca Brava.

Sistema DeBike

Para utilizar o serviço, é necessário baixar um aplicativo (GynDeBike em celulares Android e DeBike em iOS), se cadastrar e, depois, retirar a bicicleta. A devolução pode ser feita em qualquer dos 15 pontos. Para utilizar o serviço, é possível pagar pela diária (R$ 4), pelo mês (R$ 8), pelo semestre (R$ 35) e pelo ano (R$ 70). O pagamento é feito por cartão de crédito.

A bicicleta pode ser usada por até 60 minutos em dias úteis e por 90 minutos aos domingos e feriados. Depois desse período, é necessário esperar pelo menos 15 minutos para poder voltar a alugar a bike. Se o usuário não a devolver, paga multa de R$ 5. (Com informações da Prefeitura de Goiânia)

Deixe um comentário

wpDiscuz