Comandante desmente paralisação das polícias e diz que áudios são “fraudulentos”

Coronel Divino Alves Oliveira utilizou as redes sociais para negar boatos de que haverá interrupção nas atividades policiais 

Coronel Divino Alves | Foto: Jota Eurípedes

Comandante-geral da Polícia Militar de Goiás, o coronel Divino Alves Oliveira desmentiu boatos que correm nas redes sociais sobre uma suposta paralisação das polícias no estado. Áudios que viralizaram no WhatsApp causaram insegurança na manhã desta quinta-feira (16/2).

De forma incisiva e também por meio de mensagem de voz, o militar repudia o que chama de “mentiras fraudulentas divulgadas por pessoas mal-intencionadas”.

“Não existe a menor possibilidade de tal fato acontecer em nosso estado. A Polícia Militar está nas ruas, realizando policiamento ostensivo preventivo. Mais uma vez reafirmo: estão a veicular áudios que nem do estado são, que foram veiculados em Minas Gerais como se fossem de policiais goianos, não são”, rebateu.

Ao final da gravação, o comandante-geral pede que a população não acredite em tais informações e que tenham tranquilidade para confiar na polícia.

Deixe um comentário

wpDiscuz