CMTC diz que linhas circulavam normalmente

Manifestação na Região Oeste da capital já deixou pelo menos seis ônibus da Metrobus queimados. Usuários reclamam de falta de veículos

Seis ônibus são queimados em protesto | Foto: Reprodução/Facebook

Seis ônibus são queimados em protesto | Foto: Reprodução/Facebook

A Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) enviou representantes aos pontos de conexão para dialogar com os manifestantes que protestam na GO-070, saída para Inhumas, Região Oeste da capital, nesta segunda-feira (21). A iniciativa vem após seis ônibus da Metrobus serem incendiados.

Ainda segundo o comunicado, a companhia aguarda a finalização dos protestos para que a operação volte na região. “No início da manhã, antes dos protestos, as linhas alimentadoras estavam circulando normalmente nos bairros Jardim Primavera e Residencial Triunfo, com integração nos pontos de conexão até o Terminal Vera Cruz.

Até as 11 horas, pelo menos seis veículos da Metrobus, empresa do governo estadual, foram queimados. Cinco viaturas do Corpo de Bombeiros estão no local. Os usuários reclamam da falta de linhas alimentadoras para o Eixo Anhanguera.

A reportagem não conseguiu contato com a estatal até o momento.

Veja íntegra da nota.

A Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) encaminhou representantes aos pontos de conexão, na GO-070, para dialogar com os manifestantes. A CMTC reforça que está aberta ao diálogo com a sociedade sobre as demandas para a melhoria do transporte coletivo em Goiânia e região metropolitana.

A CMTC defende o direito de ir e vir do cidadão com segurança e repudia o fechamento da rodovia e atos de vandalismo contra o patrimônio público, como a depredação e destruição de ônibus, que prejudicam o acesso ao transporte público e colocam em risco a vida das pessoas.

No início da manhã, antes dos protestos, as linhas alimentadoras estavam circulando normalmente nos bairros Jardim Primavera e Residencial Triunfo, com integração nos pontos de conexão até o Terminal Vera Cruz.

A CMTC aguarda a finalização dos protestos para que a operação volte na região.

A CMTC esclarece que a operação na região Oeste teve alterações para beneficiar mais bairros e que estão sendo realizados ajustes na prestação do serviço para melhorar o atendimento.

Deixe um comentário

wpDiscuz