CEI da SMT convoca empresário responsável pelo fornecimento de cavaletes

Está confirmada a oitiva com Cleomar Antônio, dono da JBA, detentora do contrato vigente entre os anos de 2015 e 2016

Vereadores realizam a primeira reunião da CEI da SMT | Foto: Divulgação/Assessoria

Na próxima segunda-feira (24/4), a Comissão Especial de Inquérito (CEI) que apura irregularidades na Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) ouvirá o empresário Cleomar Antônio, proprietário da empresa JBA, que forneceu cavaletes para a pasta durante os anos de 2015 e 2016, em processos suspeitos.

De acordo com o já apurado pela comissão, a prefeitura adquiriu mais de sete mil cavaletes, conforme notas fiscais atestadas por vários gestores da secretaria, mas que nunca foram entregues no almoxarifado do órgão. O material, de acordo com depoimento de servidores do almoxarifado eram entregues em postos avançados ou retirados por agentes de trânsito da gerência de fiscalização.

Os agentes de trânsito, ouvidos na reunião da última segunda-feira (17), por sua vez, negaram retirar os cavaletes e acusaram o uso ilegal de suas senhas por terceiros. As oitivas levaram os vereadores a suspeitarem da existência de “cavaletes fantasmas”, que eram pagos à empresa JBA mas não entregues na quantidade atestada nas notas fiscais.

Além do proprietário da empresa serão ouvidos também Patrícia Duarte, gerente da Controladoria da SMT, e os servidores Sylvio Roberto e Rejane dos Santos, citados nas oitivas dos demais servidores.

Deixe um comentário

wpDiscuz