Após 45 dias de gestão, prefeito de Valparaíso apresenta balanço de ações

Pábio Mossoró já realizou trabalhos nas áreas de saúde, segurança pública, cultura, esporte, educação e infraestrutura da cidade

Prefeito de Valparaíso de Goiás, Pábio Mossoró (PSDB), em entrevista no Jornal Opção | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

O prefeito de Valparaíso de Goiás, Pábio Mossoró (PSDB), divulgou um balanço dos seus primeiros 45 dias de gestão. Todos os trabalhos foram realizados, segundo o tucano, para conseguir dar respostas à sociedade ainda nos primeiros meses do mandato. Um exemplo disso foi a convocação dos classificados em concurso público para assumirem os cargos nas secretarias municipais. Com o chamamento, Pábio garantiu o enxugamento da máquina pública.

A prefeitura também investiu nos mutirões. Eles são serviços básicos emergenciais que serão feitos em todos os bairros do município nos próximos meses. A administração faz obras de limpeza, recuperação do pavimento asfáltico, retirada de entulhos, roçagem, eliminação de erosões, patrolamento de ruas de terra e troca de iluminação.

Durante as ações, quase 48 toneladas de pneus inservíveis foram recolhidos pela administração. Os pneus recolhidos passarão por processo importado de mecanização, onde serão submetidos a alta temperatura em tanques de pirolisação, para que sejam aproveitados a borracha e os arames. A cada 5 toneladas de pneus reciclados são produzidos 2 mil litros de óleo, que pode ser utilizado para o funcionamento de máquinas agrícolas e caldeiras industriais.

A contrapartida da empresa responsável pela remoção de pneus será revertida na aquisição de mais de 6 mil mudas de árvores para o plantio em todos os bairros do município.

Também foram feitos mutirões de limpeza no Hospital Municipal de Valparaíso de Goiás, no Centro de Zoonoses e Curral Comunitário, na UPA, nos CAIS, praças, unidades de saúde e escolas.

O prefeito pediu que os diretores de escolas e de unidades de saúde preparem um plano de ação visando reformar e organizar os espaços físicos, para resolver os problemas relacionados à infraestrutura desses locais. Para isso, eles contaram com parcerias de diversos segmentos, servidores, comunidade e comerciantes.

Parceria com governo estadual

Para continuar dando andamento ao atendimento aos pacientes de todas as unidades de saúde de Valparaíso, a prefeitura comprou todos os medicamentos básicos que estavam em falta, garantindo os serviços emergenciais.

Ainda em janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde iniciou um outro mutirão: o de combate ao Aedes aegypti. A primeira ação oficial do ano reuniu cerca de 200 agentes de combate às endemias, agentes comunitários de saúde e enfermeiros, com apoio do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás e equipes da Regional de Saúde do Estado.

Já na última terça-feira (14/2), Pábio Mossoró esteve em Goiânia junto a vereadores de Valparaíso para participar de uma audiência na Secretaria de Saúde do Estado (SES) que tratou da construção do Hospital de Urgências – Hugo na cidade.

A comitiva municipal foi recebida pela superintendente de Acesso a Serviços Hospitalares e Ambulatoriais, Deusdedith Vaz, que aproveitou o momento para informar que o governo estadual estuda um projeto arquitetônico capaz de suprir todas as necessidades e que possua todos os moldes essenciais para atender a região do Entorno Sul.

Outra frente trabalhada pela prefeitura em parceria com o governo estadual foi a segurança pública. No último dia 8 foi realizada uma conferência municipal do programa Pacto Social Goiás pela Vida. O programa é a maior ação de combate à criminalidade do Estado e com a colaboração da Prefeitura de Valparaíso de Goiás foram discutidos as potencialidades e necessidades de atuação contra o crime na cidade. Também foi discutida a criação da guarda municipal.

Atenção à educação e cultura

Uma das metas da prefeitura é garantir a construção de mais instituições de ensino na cidade. “Vamos investir em estrutura e capacitação profissional, valorizando os estudantes e servidores públicos municipais. Também estudamos alternativas para viabilizar a criação de mais vagas para as crianças que se encontram fora das creches”, garantiu Pábio.

O prefeito também negocia com o governo estadual a construção de uma sede da Universidade Estadual de Goiás (UEG) em Valparaíso de Goiás, assunto encarado como prioritário. A intenção é oferecer ensino superior gratuito e de qualidade, colaborando com o crescimento da instituição no território goiano e garantindo mais desenvolvimento para a Região Metropolitana do Distrito Federal.

O deputado federal Célio Silveira (PSDB)já destinou uma emenda parlamentar de R$ 1 milhão para garantir o início das obras, com a edificação do novo campus da UEG que já foi criado por Lei e com projeto arquitetônico em andamento. O recurso é oriundo do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O parlamentar também garantiu à prefeitura a entrega de materiais esportivos doados pela Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte e Superintendência de Esporte e Lazer. Os materiais, entregues no último dia 9, serão utilizados para fomentar ações de incentivo às práticas esportivas e projetos sociais municipais.

Deixe um comentário

Mas aqui no setor de chácaras anhanguera B, nada ainda.
Estamos aguardando ansiosamente a visita dos governantes por essas bandas.

Verdade… Aqui no setor de chácaras nada foi feito. Alguma previsão? Aguardamos retorno.

Quero saber sobre minha rua Botocudos na Anhanguera B, quando vai vim a pavimentação juntamente com saneamento básico, como o nome já diz:”BÁSICO” quase não consigo entrar no meu condomínio com tantos buracos.

Que sonho, como gostaria de ver isso tudo funcionando, um município novo com potencial para se tornar uma metrópole, mas que por falta de compromisso dos administradores com o dinheiro público…..A população paga as consequências!!!

No Anhanguera B a rua Botocudos está quase intransitavel. Já dificil entrar no condominio. Crateras gigantes em toda parte. Vou comprar um veiculo lunar para andar nas crateras em TODO o Valparaiso. !!!!!!

So falta pagar os professores temporários que exonerou a 48 dias .

So não pagou os contratos temporários.

Aqui no parque Marajó, ainda não vimos nada !!!

Jardim dos ipês maior breu muito assalto por causa do escuro divisa com Marajó urgente urgente lâmpadas

Precisamos de mais segurança,não adianta ficar capinando mato que isso não resolve nada, precisamos de segurança. assaltada 3x no mesmo mês.#

Falta pagar as rescisões contratuais dos professores para que melhore a qualidade da administração com transparência

Não vi nenhuma melhoria desse prefeito, as ruas do parque esplanada I está intransitável.

Estamos abandonados no setor de chácaras Anhanguera B

wpDiscuz