01/07/13
Goiânia
Preso suspeito por assassinato cometido neste domingo na Vila Finsocial
Suposto autor confessou o crime à polícia e alegou que vinha sendo ameaçado pela vítima

Ketllyn Fernandes

Douglas Nicasso da Silva, de 21 anos, foi preso por policiais militares do 13º Batalhão na tarde desta segunda-feira (1º/7) em um posto de combustível na Vila Finsocial. Ele é suspeito de assassinar a tiros Carlos José Leite Pereira, de 36 anos, na noite deste domingo (30/6) no mesmo setor. Suspeito e vítima têm passagens por tráfico de drogas, roubo e receptação de veículos. Segundo o aspirante Oséias Vieira de Melo Neto, Douglas Silva acabou por confessar o crime alegando que José Carlos o ameaçava.

Segundo a versão do suspeito, antes de ser assassinada a vítima teria disparado vários tiros no portão da casa de sua mãe, o que o motivou o crime. No momento da prisão Douglas abastecia a moto usada no crime. Um revólver calibre 38 que teria sido usado no crime foi apreendido.

Douglas Nicasso da Silva foi encaminhado para a Delegacia de Investigações de Homicídios (DIH) e vai responder por homicídio.

Conforme informações atualizadas nesta segunda-feira junto ao cartório central da DIH, até o dia 30 de junho foram registrados 270 homicídios dolosos na capital, um a mais que no mesmo período do ano passado, quando 269 pessoas foram vítimas de assassinato em Goiânia, conforme estatística da Secretaria de Segurança Pública e Justiça (SSPJ).