24/07/13
“Citação Infeliz”
Kid Neto se retrata por comentário racista sobre o ministro Joaquim Barbosa

Ketllyn Fernandes

Mesmo confundindo o tribunal do qual Joaquim Barbosa é presidente –– trocou STF por STJ –– o peemedebista Kid Neto dedicou seus primeiros tuites da tarde desta quarta-feira (24/7) a retratar-se pela declaração de cunho racista que deferiu via Twitter na tarde desta segunda-feira (23) por conta de um suposto ato despolido por parte do ministro para com a presidente Dilma Rousseff durante cerimônia de recepção ao papa Francisco.

“Boa tarde amigas e amigos do twitter. Em primeiro lugar, quero utilizar este espaço público para uma retratação, pessoal e irrestrita”, tuitou.

A publicação que lhe rendeu boas horas de dor de cabeça foi apagada depois que os tuiteros de plantão começaram a rechaçá-lo de racista –– e tendo por base para as críticas as palavras escolhidas por Kid Neto para expressar-se, os internautas estavam com toda a razão.

Antes que o comentário fosse apagado, contudo, alguém tratou de fazer o print que acabou por eternizar o que o próprio Kid Neto classificou depois de “citação infeliz”. 

E pensar que Lula o nomeou por ser negro, o principal atributo de sua ascensão ao STF, agora age como preto”, como admitiu o autor:  “Foi uma experiência dolorida (...).”

E os seguidores de Kid Neto, assim como o criticaram, hoje o elogiaram pela atitude de reconhecer em público que aquela frase não cairia bem a ninguém, quando mais a um homem público considerado um dos líderes do PMDB goiano.

Todo ser é possível de erros! Transforme o momento de dor em aprendizado da alma. O homem de bem combate em si as imperfeições @kidneto”, disse o internauta Anderson Máximo; enquanto Gercyley Batista, vice-presidente do PRP goiano, lhe parabenizou: @kidneto Parabéns pela grandeza em se retatar de forma humilde, exercitando a dignidade que carrega consigo amigo Kid. Você é grande”. (sic)

Leia mais: PMDB se posiciona sobre tuíte de Kid Neto