20/09/11
Negócios
Empresa de grande porte chinesa expõe preocupação com alto IPI brasileiro
Declaração foi dada ao Governador Marconi Perillo pelos representantes da JAC Motors, que inclusive planeja instalar uma fábrica em Goiás

Ketllyn Fernandes de Deus

Durante reunião ocorrida nesta segunda-feira, 19, em Xangai (maior centro comercial da China), entre o Governador Marconi Perillo e representantes da empresa chinesa JAC Motors, foi exposta a preocupação local em relação a medida do Governo Federal em subir o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) de veículos importados, pois a empresa  já exportou 35 mil carros para o Brasil, onde já possui 65 distribuidoras.

Goiás é um dos estados onde a JAC Motors planeja instalar uma fabrica. O projeto inicial prevê investimentos de 600 milhões de dólares e geração de 3 mil empregos. “Tínhamos plano para estabelecer uma fábrica no Brasil, mas agora preocupa-nos o fato de o governo ter elevado IPI sobre veículos”, declarou o diretor de Negócios Internacionais da JAC Motors, XieFang.

Marconi Perillo informou que assim que retornar ao Brasil, na próxima segunda-feira, 26, irá a Brasília (DF) tratar do assunto junto ao ministro Fernando Pimentel, do Comércio Exterior a fim de lhe relatar a forte reação contrária à medida que encontrou entre as montadoras chinesas com as quais está conversando em sua missão à Ásia.

O governador apresentou aos chineses algumas informações de interesse econômico sobre Goiás, como por exemplo, o fato do Estado já possuir duas montadoras de veículos e mais uma em fase de implantação, além de  juntamente com o Distrito Federal,  somar atualmente 10 milhões de consumidores.

*Com informações do Gabinete de Imprensa do Governador