Edição 1998 de 20 a 26 de outubro de 2013
Marina Silva fez o trabalho “sujo” que Eduardo Campos queria mas não tinha coragem de fazer: expurgar Caiado

Consta que o presidenciável Eduardo Campos, governador de Pernambuco e presidente do PSB nacional, queria se livrar do deputado Ronaldo Caiado, para caracterizar sua candidatura como de esquerda e de centro-esquerda, mas não tinha coragem. Daí usou a radical Marina Silva para afastá-lo. A ex-senadora fez o papel de “mazinha” e o líder nordestino tentou ficar com a imagem de “bonzinho”.

Como se sabe, Eduardo Campos é neto de Miguel Arraes, o aliado de Francisco Julião, o homem das Ligas Camponesas. Na prática, como a própria Marina, o governador da terra de Gilberto Freyre percebe Caiado como “inimigo” de classe.