Festival Beco 2: o graffitti como ferramenta de mudança

festival beco 2

Divulgação

De quinta-feira a domingo, dias 28 a 31 de julho, o Beco da Codorna vira tela da segunda edição da ocupação cultural através do graffitti, Festival Beco. A ação coletiva propõe reunir grafiteiros, músicos, rapers, breackers, dançarinos, fotógrafos, artistas plásticos, arquitetos e demais profissionais que celebrem a arte e cultura.

As paredes do Beco serão revitalizadas no evento, que tem o Conse­lho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) como principal apoiador e que faz da arte uma ferramenta de mudança. Nos quatro dias de festival, o público poderá conferir gratuitamente palestras, shows, pinturas ao vivo e demais apresentações artísticas, que têm início às 16h.

Deixe um comentário

wpDiscuz