Casa Fora de Casa: um novo olhar para o Setor Sul

Integram o projeto oficinas, desenho livre, intervenções urbanas e mapeamento de rotas. Casa Fora de Casa tem início no sábado, 23, e vai até setembro

Este slideshow necessita de JavaScript.


Nos meses de julho, agosto e setembro, o estúdio Sobreurbana realiza o projeto Casa Fora de Casa que leva, para o Setor Sul, oficinas de construção de mobiliários e intervenções urbanas, ou em mapeamentos de rotas e desenho livre. O objetivo é a transformação da paisagem urbana por meio de movimentos de ocupação de espaços públicos e pela discussão sobre meio ambiente, áreas verdes e espaços criativos.
Gratuito, o projeto tem início no sábado, 23 de julho, na Praça Wilson Valente Chaves (Av. Cora Coralina). Nas primeiras semanas, serão oferecidas oficinas de vídeo, educação patrimonial e serigrafia pelo Coletivo Centopeia. Ao longo do projeto, o Casa Fora de Casa se estende por quatro áreas diferentes do setor, com ações e ideias criativas em praças e zonas verdes. Ao todo, o projeto percorrerá desde a Praça Wilson Chaves até o Bacião das Artes, próximo ao Bosque dos Pássaros.
Os trabalhos se dividem entre oficinas e encontros de mapeamento de rotas e execução de sinalização e construção de instrumentos musicais, oficinas artísticas e trabalho colaborativo. A coordenadora do projeto, a urbanista e arquiteta Carol Farias, destaca: “O Casa Fora de Casa é um projeto de urbanismo tático porque busca, através de soluções criativas e de um processo participativo atuar sobre os espaços públicos da cidade, historicamente precarizados, no sentido de incentivar que a população se sinta responsável por eles”.

Serviço
Casa Fora de Casa
Início do projeto: 23 de julho
Local: Praça Wilson Valente Chaves (Av. Cora Coralina)
Entrada Franca

Deixe um comentário

wpDiscuz