37 anos
Edição 1930 de 1 a 7 de julho de 2012
Manoel L. Bezerra Rocha
Ataques e assassinatos de PM

Os episódios que ocorrem em São Paulo, onde desde o começo do ano dezenas de policiais militares foram mortos, merecem a reflexão dos órgãos responsáveis pela segurança pública em todo o Brasil. Os políticos e a polícia, quando utilizam a imprensa dizendo que essas ações revelam a “audácia” e a escalada da criminalidade e que, por isso, as respostas de­vem ser duras para coibir a ação dos criminosos, estão, simplesmente, mentindo para a sociedade e tentando ocultar algo gravíssimo. A polícia e o governo sabem bem que os ataques e mortes contra os policiais são reações às truculências, extorsões e chacinas praticadas por grupos de policiais, mas que a imprensa nada ou pouco divulga. Os policiais que maculam a instituição não aprenderam na academia sobre a terceira lei de Newton, segundo a qual para toda ação há uma reação. Sem distinção de classe social.