PSB de Lúcia Vânia sempre foi adversário de Marconi Perillo em Goiás

Em 2006, 2010 e 2014, o PSB bancou candidatos a governador contra a base do governador tucano. A história pode se confirmar em 2018

Barbosa Neto, Vanderlan Cardoso e Lúcia Vânia: o PSB sempre esteve na oposição ao projeto do tucano Marconi Perillo

A senadora Lúcia Vânia, do PSB, articula tanto com o pré-candidato do DEM, senador Ronaldo Caiado, quanto com o pré-candidato do PMDB a governador de Goiás, deputado federal Daniel Vilela. No fundo, gostaria de permanecer na base do governador Marconi Perillo, do PSDB. Porém, como percebe que não terá chance de disputar a reeleição, se continuar governista, abriu conversações com as oposições. Na prática, está lutando por sua sobrevivência política. Mais até do que pela sobrevivência dos aliados partidários.

O fato é que o PSB sempre fez oposição ao governador Marconi Perillo. Portanto, a rigor, nem pode ser considerado um aliado ou quase-aliado. Em 2006, o partido hipotecou apoio a Barbosa Neto, contra o postulante da aliança PP-PSDB. Em 2010 e 2014, com uma campanha agressiva, bancou Vanderlan Cardoso contra o tucano-chefe. Então, se em 2018 ficar com a oposição, como nas três últimas eleições, não será nada estranho. Ao contrário, é sua tradição.

Deixe um comentário

Nessa briga, quem perde é Goiás. Os méritos de Lúcia Vânia são indiscutíveis e os benefícios destinados a Goiás resultaram em obras e ações concretas. Sozinha, Lúcia Vânia já fez mais pelos municípios goianos do que toda a bancada federal goiana.

TIRO NO PÉ. Adversária omissa contra protetor de altíssimos salários do funcionalismo do alto escalão, o que adianta… Na verdade, será porquê esta gente defende tanto os encastelados, mantidos injustificadamente por uma das maiores cargas tributárias do planeta que já beira aí seus quase 70% do PIB, que está minando o setor produtivo e os empregos na iniciativa privada?

wpDiscuz