Marconi Perillo vai disputar eleição em 2018. A tendência é que priorize o Senado

A chapa majoritária fica mais fraca sem a presença do tucano-chefe e a base perderia parte da motivação

Foto: divulgação

Os que postulam que o governador Marconi Perillo não vai disputar mandato em 2018 podem até entender de política, mas não entendem de Marconi.

Político por vocação, no sentido proposto pelo sociólogo alemão Max Weber, Mar­coni será candidato a senador, a vice-presidente ou a presidente da República.

A tendência é que dispute mandato de senador, com o objetivo de fortalecer o candidato a governador do PSDB, José Eliton.

Articulador do primeiro time, o tucano-chefe sabe que a chapa majoritária de seu grupo político é uma com ele e outra sem ele. Sem sua presença, a chapa pode até permanecer forte, mas muito menos forte do que com ele. Com sua imensa capacidade de fazer política, de articular e agregar, Marconi é o rei das reviravoltas, como provou em algumas eleições.

Deixe um comentário

wpDiscuz