“Aparecida será uma cidade digital e o PMDB ganha com Maguito ou Daniel Vilela”

O prefeito Gustavo Mendanha diz que, como o povo é suprapartidário, faz uma gestão suprapartidária para beneficiar todos

Marconi Perillo, Gustavo Mendanha e Maguito Vilela: trabalho suprapartidário para alavancar o desenvolvimento de Aparecida de Goiânia

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, disse ao Jornal Opção que está voando baixo para cumprir o que prometeu durante a campanha. “Estou focando nos nossos projetos e, portanto, lutando para o governo federar não cortar recursos. É o que me faz ir a Brasília com frequência. Ao mesmo tempo, estamos pleiteando outros recursos da União.” Ele frisa: “Aparecida está aparecida, quer dizer, não para.”

Na quarta e na quinta-feira da semana passada, Gustavo Mendanha visitou em Brasília 11 deputados federais, dois senadores, Lúcia Vânia, do PSB, e Wilder Morais, do PP, e três ministros, Leonardo Picciani, do Esporte, Marcos Beltrão, do Turismo, e Gilberto Kassab, de Ciência e Tecnologia e Comunicações. “Levei comigo 19 dos 25 vereadores (alguns não foram porque tinham compromissos inadiáveis). A nossa luta pelo município é suprapartidária, pois não estamos mais em campanha eleitoral. Tanto que vereador do PSDB me acompanhou. O momento é de maturidade política e nisto sigo o comportamento do ex-prefeito Maguito Vilela (PMDB), que sempre separou questões político-partidárias de questões administrativas. O bem da sociedade — o povo é suprapartidário — está acima das questões políticas e partidárias.”

Emenda de Wilder

Gustavo Mendanha diz que seu objetivo é costurar uma aliança suprapartidária para ampliar o crescimento econômico e o desenvolvimento de Aparecida. “O desenvolvimento beneficia a todos. Veja-se que o senador Wilder Morais pertence ao PP e me disse que vai colocar 15 milhões de reais de sua emenda pessoal para Aparecida.” Um dos objetivos do prefeito é tornar Aparecida uma cidade inteiramente digital, daí a visita ao ministro Gilberto Kassab, acompanhado dos deputados do PSD de Goiás, Thiago Peixoto e Heuler Cruvinel.

Gustavo Mendanha, Thiago Peixoto, Gilberto Kassab e Heuler Cruvinel: união para transformar Aparecida numa cidade digital

Futebol

O ministro Leonardo Picciani deverá visitar Aparecida, no dia 8 de abril, para lançar uma etapa do Campeonato Infantil de Futebol. O município é um dos que mais têm campos de futebol.

Sobre Sandro Mabel, auxiliar do presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, Gustavo Mendanha afiança: “É o embaixador de Goiás em Brasília. Ele abre portas, de maneira qualitativa, para todos nós — da situação ou da oposição. Lá, para Mabel, só há Goiás, pois não está preocupado com questões partidárias.”

Pavimentação de ruas

Aparecida vai receber 10 milhões do governo estadual para fazer asfalto. É dinheiro oriundo da venda da Celg. “Maguito Vilela asfaltou muitos bairros, ninguém fez tanto quanto ele. Mas ainda há bairros sem asfalto. Cerca de 27% das ruas precisam ser pavimentadas. Para asfaltar toda a cidade, nós precisamos de 500 milhões de reais. Com os 10 milhões, que chegam em boa hora, vamos pavimentar um setor inteiro — dependendo de seu tamanho. O apoio do governador Marconi Perillo é muito importante, e só temos a agradecê-lo. Mas vamos pedir ao governador mais recursos.” O diálogo com Marconi Perillo tem sido positivo? “Sim, nosso diálogo é franco, aberto e cordial.”

Edifício da UFG

No momento, a Universidade Federal de Goiás funciona em Aparecida com três cursos de engenharia (de produção, transporte e civil) numa unidade que divide com a Universidade Estadual de Goiás (UEG). “O edifício da UFG já está no sexto pavimento e está praticamente na fase de acabamento. A prefeitura colabora na medida do possível e vai lutar, concluído o prédio, para que tenhamos mais cursos na cidade.”

Daniel ou Maguito

Gustavo Mendanha, no momento, foca na gestão. Mas, como político, participa dos debates e sustenta que o PMDB vai lançar Maguito Vilela ou Daniel Vilela para governador. “Sou amigo e aliado dos dois, que são pai, Maguito, e filho, Daniel. Os dois são fortíssimos. Daniel é quem está mais se movimentando no interior e sei que os prefeitos, vereadores e demais lideranças municipais estão empolgados com as ações do jovem deputado. Em Brasília, devido à sua capacidade de articulação e empatia, é elogiado por todos, inclusive por deputados da base do governador Marconi Perillo. O presidente Michel Temer o tem em boa conta. Hoje, segundo as pesquisas, Maguito lidera, porque seu recall é positivo. O fato é que o PMDB tem dois dos melhores nomes para a disputa e ganha com qualquer um deles.”

Deixe um comentário

wpDiscuz