Advogados mais cotados para substituir o desembargador Geraldo Gonçalves

Tibúrcio e Brzezinski são fortes, mas precisam entrar na lista sêxtupla. Carlos Márcio e Luiz Inácio têm apoio dentro da OAB-GO

Arquivo

Depois de ter sofrido AVC, e com dificuldade para falar e se locomover, o desembargador Geraldo Gonçalves aposenta-se em junho. Sua vaga é do quinto constitucional, quer dizer, ele será substituído por um advogado escolhido pela OAB-Goiás, pelo Tribunal de Justiça e pelo governador Marconi Perillo.

O presidente da OAB-Goiás, Lúcio Flávio, sugeriu, como promessa de campanha, que todos os advogados seriam convocados para escolher 12 e, depois, seis advogados pra disputar vagas no Tribunal de Justiça. Os críticos da ideia afirmam que é impraticável, inclusive por causa do custo, e sugerem que a escolha dos seis nomes a serem enviados para avaliação do TJ seja feita pelos conselheiros.

Vários candidatos a desembargador já estão trabalhando, e não só nos bastidores. Henrique Tibúrcio e João Paulo Brzezinski, ligados ao governador Marconi Perillo, são fortes, mas precisam figurar na lista sêxtupla. Carlos Márcio Macedo (sócio de Lúcio Flávio) e Luiz Inácio (sócio de Thales Jayme) são apontados como favoritos.

Apontados como “eternos candidatos”, Dalmy de Faria, Maria Tereza Alencastro Veiga e Guilherme Isac também são cotados.

Leon Deniz e Marisvaldo Cortez são mencionados como cotados. Mas, de acordo a legislação, conselheiros não podem disputar.

Deixe um comentário

Que os deuses nos acudam!!! Os goianos não tem sorte mesmo… Será que esta “gente” ainda não acordaram para o problema, pois, o povo é quem manda, é quem paga tudo? Contrário, é tiro no pé. Deve prevalecer sempre cumprimento fiel das normas, mesmo as morais e éticas… o restou é jeitinho brasileiro… Será que eles acham que o jurisdicionado/patrão é bobo?

wpDiscuz